segunda-feira, julho 23, 2007

Harry, we miss you already...


Buenas,

Aqueles que me conhecem, sabem que eu sou uma Pottermaníaca de carteirinha (na verdade não tenho carteirinha, mas AMO a série de livros do bruxo que conquistou o mundo todo).

Confesso que começou meio sem querer. Eu estava morando na Austrália quando iam lançar o primeiro filme da série e eu ainda não havia lido nenhum livro. Na época, minha mãe estava de visita lá e vimos o trailer do filme. Quando chegamos no meu apartamento, ela tirou o livro da mala e falou que era bem bacana, que eu deveria ler. Li o primeiro livro e adorei. Acabei vendo o filme e, logo depois, quando estávamos visitando Melbourne, vi o segundo livro pra vender no aeroporto e já comprei pra ler no avião. Aí virou febre. Imediatamente após acabar o segundo livro, tive que comprar o terceiro, que devorei em três dias, e aí já fui atrás do quarto, que já era bem maior que os outros e, mesmo assim, li também em três dias.

Daí em diante foi esperar, como todo mundo, pelos próximos lançamentos, ansiosamente procurando notícias na Internet, fazendo pré-reserva, indo buscar o livro no dia do lançamento e devorando em poucos dias. Com esse último não foi diferente.

Harry Potter and the Deathly Hallows, sétimo e último livro da série, foi o mais especulado e comentado. Será que ela iria matar o Harry? Quem mais iria morrer? Ele iria finalmente derrotar Voldemort? Inclusive é recorde de vendas, segundo o Guardian:

Potter magic smashes publishing records

Na sexta-feira, 20h, lá estava eu na Livraria Cultura pegando o meu exemplar. Hoje, segunda, já li todas as 759 páginas e não, eu não fiquei sem dormir nem passei o tempo todo trancada em casa lendo, mas fiquei boa parte do meu fim de semana lendo sim. Como é uma série infanto-juvenil, o livro é de fácil leitura, não é uma prosa rebuscada ou difícil de digerir.

Bom, quanto ao livro propriamente dito, sei que muita gente não quer que eu estrague o final, e estou desesperada pra que alguém mais termine de ler para que eu possa comentá-lo. Tudo o que eu posso dizer sem estragar as surpresas é que esse é definitivamente o mais movimentado de todos e um pouco exagerado. Acho que J.K.Rowling abusou um pouco da boa vontade do leitor nesse livro, e vai acabar tendo que chamar o Joel Schumacher para dirigir a versão cinematográfica, porque só ele será capaz de ser tão over como ela foi. Mesmo assim, é um prazer mergulhar do mundo de Harry Potter e a cada capítulo ir juntando as partes do quebra-cabeça, prestando atenção aos detalhes criados por Rowling que no final se encaixam e formam as respostas aos enigmas que ela cria.

Preparem-se para a perda de muitos companheiros de Harry, muitos sustos e várias escapadas miraculosas de Harry tanto dos Death Eaters como do próprio Voldemort. Tudo isso, coroado com um duelo final, um clímax pra ninguém botar defeito, a guerra de Hogwarts (onde mais?). Rowling fez um livro final para agradar a gregos e troianos. Eu gostei muito, como de tudo o que diz respeito a Harry Potter, mas meu livro predileto continua sendo Harry Potter and the Order of the Phoenix.


Minha principal questão é a seguinte: e agora, como será a vida sem Harry?

See ya!!!

4 comentários:

naka disse...

pelamor! tou na 88 e já morreram 2!!! socorro!

Thiane disse...

Gente, eu não consigo ser tão fanática assim, mas meu deus, me conte o fim da história depois! se já morreram 2!!! hahahah Bjs

Carla Meneghini disse...

Snif snif... essa mala ainda mata um dos personagens mais legais da série... sorry, não vou dar mais dicas!
bjs,
Carla

Fábio Martins disse...

Oi Carla,

O meu predileto continua sendo A Ordem da Fênix também. O último eu achei mais ou menos. Esperava um pouco mais. Ficou a impressão que ela mudou o final em cima da hora e não gostei de certos exageros como a briga final da Sra. Wisley...

Assim como você, também comecei por acidente. O pessoal que pega fretado comigo (Santos/São Paulo) vivia falando dos livros e tal... Peguei emprestado e li os seis de uma vez em dois meses hehehehehehe.

Já tem site na net que traduziu o livro para o português. Esa molecada é foda hehehehehehe.

Beijos