sábado, março 17, 2007

We could be heroes just for one day


Buenas,
Desculpem a ausência, mas às vezes a vida atrapalha, sabe? Agora que consegui sentar em frente ao computador e pensa um pouco, queria falar sobre o seriado que é o mair hype do momento, Heroes. Quando estreou nos EUA ouvimos falar um monte. Nem tinha terminado a primeira temporada e o seriado já estava concorrendo a vários Globos de Ouro. As críticas lá de fora eram unanimamente positivas.

Eis que agora no início de março, Heroes chegou às telas tupiniquins. Nossa, tivemos que ver propagandas e programas especiais sobre o seriado desde janeiro, tudo para aumentar nossa ansiedade com o programa. Finalmente chegou a estréia e eu, é claro, estava grudada na TV. Confesso que, após terminar de assistir ao terceiro capítulo, não estou tão impressionada. Eu sei, é bem começo, é preciso esperar os personagens se desenvolverem um pouco, mas discordo de todos que dizem que Heroes é muito melhor que Lost, porque o início de Heroes é meio chato, enquanto Lost já pega vc pelo cabelo desde o primeiro minuto. Não dá pra comparar. As duas séries tem elementos sobrenaturais, mas Lost é muito mais intrigante e cativante, além de melhor produzida.

Não que Heroes seja ruim, mas também não é tão maravilhosa nem tão viciante quanto Lost. A série tem seus méritos, como o personagem Hiro, de Masi Oka, que é absolutamente o que há de bom no seriado. Ele é "O Nerd", sim o cara mais nerd do universo e mesmo assim ele é carismático e engraçado, chegando a ser fofo. O júri ainda não deu seu veredicto sobre os outros personagens, mas Hiro é definitivamente o melhor de Heroes.

See ya!

Um comentário:

Michele Verçosa disse...

Hiro é um lussshhhooo!
:o)
Ótima surpresa saber que a senhorita é fã de coisas que eu amo...
Prometo vir aqui mais vezes!
:o)
Aliás, não será esforço algum, né?!